INÍCIO  |  DIREÇÃO   |  FALE CONOSCO   |    CURSOS

Óleo sobre a vida: uberabense pinta a realidade e é promessa de sucesso


Nascido e criado com arte
Wilker Campos, de 26 anos, é artista plástico. Ele tem um ateliê próprio, que funciona na casa dele e é professor na Escola Odilon Fernandes e na Casa do Artesão.
“Fiz meus primeiros traços quando tinha apenas cinco anos de idade. Desde então, não parei de me dedicar à pintura a óleo sobre tela, ao grafite sobre papel e à escultura”, declara. Wilker afirma que contou com o apoio da família para se aprofundar nas artes. “Meu pai também é do ramo e sempre me incentiva a criar”.
Ele explica o que sente ao trabalhar com artes: “Quando estou pintando ou esculpindo, fico imerso em uma mistura de sensações. É um momento de extrema concentração e disciplina. É a união entre a ciência, na qual aprendemos como ser artista, e o instinto, particular e singular, que surge dentro de si mesmo e é relativo e exclusivo àquele instante. Toda essa dualidade permanece conjunta do início até ao final da obra”.

Obras à venda
De acordo com o artista plástico, o mercado de obras em Uberaba precisa ser melhorado. “O mercado de venda na cidade não é amplo, pois ainda está no início. Fora do município, as telas são bastante procuradas, já que em outros locais a cultura de artes se expandiu com mais força”, define.
Na visão de Wilker, a educação artística deve ser inserida no cotidiano das pessoas desde criança. “Para que haja maior valorização da arte, acredito que ela deve ser construída na vida das pessoas desde o início da educação. A arte tem que ser incluída na educação convencional, para ser ensinada às crianças desde cedo. Dessa forma, vamos conseguir novos admiradores e novos consumidores. Esse movimento do ensino é que gerará um mercado palpável em Uberaba”, defende.

“Pau para toda obra”... ou seria pincel para toda tela
Na carreira, Wilker preza pela liberdade de criação. “Não gosto de ficar preso. Por isso, luto nos dois caminhos: tanto no comercial, para atender aos anseios dos clientes, quando no criacional, que necessita da aplicação de técnicas mais elaboradas. Estas são obras feitas por mim e para o meu deleite”.
Ele comenta um pouco sobre suas formas de expressão: “Já fiz cartoons, desenhos inspirados com séries americanas, como em The walking dead, pinturas com o uso de técnicas mistas como o pastel seco, a óleo e aquarela, entre outros”. Mas, entre todas as artes que domina, ele tem uma que é a preferida. “Gosto mais de me dedicar à pintura a oléo. É com esse instrumento que tenho mais liberdade e ousadia e posso atingir melhor o objetivo da linguagem, da comunicação, de me fazer ser compreendido pelo público. Além disso, ela é mais rica e tem um estilo de desenho ilimitado”, explica.

Galeria de futuro
Atualmente Wilker se dedica à pintura de telas pintadas a óleo, que farão parte de uma exposição exclusiva sobre a origem da cultura brasileira. “Ela contará com cerca de dez obras, que serão criadas com base em pesquisas históricas e científicas. É um trabalho diferente de tudo que já fiz e será preciso aproximadamente um ano para terminá-lo”, finaliza.

Por: Isabel Minaré


[Início]
Conteudo acessado 1446 vezes.
 

© EAOF - Escola de Artes Dr. Odilon Fernandes - Todos os direitos reservados.
Rua Ronan Martins Marques, 487 - Bairro: Universitário | CEP: 38050 600 | PABX.: (34) 3331 5555


INÍCIO  |   DIREÇÃO  |   FALE CONOSCO   |   CURSOS  |   A ESCOLA  |   CALENDÁRIO  |   DICAS DE BELEZA  
|   LOCALIZAÇÃO  |   GALERIA DE FOTOS  |   CLUBE DAS MÃES  |